Estudo aponta as linguagens de programação mais inseguras


Autor : Roberto Lima | Data : 25/04/2019

Um estudo feito pela WhiteSource (empresa de segurança de código aberto), aponta as vulnerabilidades das sete linguagens mais utilizadas no mundo.

Esse estudo foi baseado nos dados de fontes como National Vulnerability Database (NVD), que listou as vulnerabilidades destas sete linguagens.

Segundo o estudos a ordem de vulnerabilidade das linguagens são:

C
Java
JavaScript
Python
Ruby
PHP
C++

Cerca de 50% dos erros que foram listados pertencem a linguagem C, porem, o engenheiro de segurança Kees Cook escreveu em seu blog que a linguagem C é sofisticada e explicou os erros.

Segundo o relatório, erros severos estão sendo encontrados em C++ nos últimos tempos. O JavaScript, talvez a mais popular das linguagens, teve um aumento crescente de vulnerabilidades nos últimos 10 anos.

Entretanto, a linguagem que ganhou destaque no estudo foi o Python que apresentou um ótimo desempenho.

A conclusão da WhiteSource é que o mais importante é como a segurança é aplicada pelos desenvolvedores, que devem estar atentos as modificações e aos novos recursos, e não depender das garantias de seguranças das linguagens.


Links Adicionais
National Vulnerability Database
Kees Cook blog

Referência:
Referência do artigo

Faça um comentário:

Comentários: